All for Joomla All for Webmasters

Ariano Suassuna: Nota de pesar

A Câmara Municipal de Taperoá, por meio de sua presidente Margarete Carvalho de Araújo Queiroz, e demais vereadores, lamentam com profundo pesar o falecimento do escritor, dramaturgo, romancista, ensaísta e poeta brasileiro Ariano Suassuna.

Com a Revolução de 1930, seu pai foi assassinado por motivos políticos no Rio de Janeiro e a família mudou-se para Taperoá, onde morou de 1933 a 1937. Na nossa cidade, Ariano fez seus primeiros estudos e assistiu pela primeira vez a uma peça de mamulengos e a um desafio de viola, cujo caráter de “improvisação” seria uma das marcas registradas também da sua produção teatral.

Autor de diversos livros, entre eles O Auto da Compadecida, estava internado no Real Hospital Português, no bairro da Ilha do Leite, desde a segunda-feira (21). Ele sofreu uma parada cardíaca às 17h15, de acordo com comunicado da instituição.

“O Brasil perdeu o maior defensor de sua cultura popular. Mais que um criador de um movimento cultural, que batizou de Armorial, Ariano foi à própria síntese do que a gente chama de Cultura Brasileira, em suas mais diversas expressões: a música, o teatro, a literatura, as artes visuais, o cinema, o artesanato e arquitetura”.

Margarete Carvalho de Araújo Queiroz
Presidente da Câmara Municipal de Taperoá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top