All for Joomla All for Webmasters

Assalto com terror psicológico em Taperoá

É muito pouco provável que a família “Cumpade” imaginasse que um dia passaria pelo maior medo da vida dela na noite desta quarta-feira, 23, em Taperoá.
Era por volta das 20h30 quando dois homens entraram abruptamente na casa localizada na rua Pedro de Farias e renderam pai, mãe e filho de uma só vez.

José ‘Cumpade’, de 62 anos, estava deitado no chão da residência e o filho no sofá assistindo tranquilamente a TV como fazem todas as noites quando foram surpreendidos pela dupla de criminosos.

Um dos assaltantes, assim que entrou no recinto imobilizou o rapaz com uma gravata o atingido em seguida com uma ‘coronhada’. O pai do jovem também não poupado da agressão dos bandidos.

Ao mesmo tempo em que feriam as vítimas exigiam aos mesmos que lhes entregassem todo o dinheiro que havia se não mataria um a um, inclusive a esposa bastante nervosa na sala de estar.

Coube a ela procurar o montante, que foi levado, a pedido do marido para que eles não fossem mortos como ameaçavam os dois assaltantes.

Após os momentos de terror, os ladrões escaparam em uma motocicleta de cor preta com destino ignorado e com o dinheiro da família, numa ação nunca vista antes na cidade de pouco mais de 14 mil habitantes e que neste ano conheceu de perto a violência que só existia até então nos grandes centros.

Mais cedo, outro assalto. No início da tarde, dois homens chegaram de carro em um ponto comercial na região central do município e roubaram dos proprietários cerca de R$ 150 num ato também incomum até esta quarta-feira, 23, que será difícil de ser esquecida para os taperoaenses que ficaram em poder dos criminosos.

A polícia foi avisada e deverá investigar os dois casos. A população espera mais que uma simples apuração dos fatos.

Os moradores não querem ficar reféns deste tipo de crime e aguardam planejamento das autoridades no combate à criminalidade crescente em Taperoá.

A esperança do fim da violência chegou quando se instalou o Pelotão de Polícia Militar, mas até o momento parece não está sendo suficiente para deixar a cidade como em tempos passados, pacata.

 

taperoa.com
Com Jandro Gomes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top