All for Joomla All for Webmasters

Câmara fará segunda sessão itinerante na zona rural

A Câmara de Vereadores continuará fortalecendo a prática da política participativa no município e para isso ocorrer efetivamente vai levar desta vez para a zona rural de Taperoá a segunda sessão itinerante do ano.

A primeira foi realizada no último dia 18 de março e contou com as presenças dos nove vereadores, do pároco João Saturnino e de moradores do bairro São Francisco que encheram a capela de mesmo nome e tiveram direito a se pronunciarem sobre as adversidades do local.

O projeto de criação do presidente da Casa Legislativa, Sandro Brito, deu tão certo que já manifesta interesse de pessoas que moram nas várias localidades do município de que seja feito o encontro dos parlamentares com a população fora da Câmara.

O modelo político, pioneiro na cidade, que provoca a participação ativa do cidadão fez com que o ex-prefeito Adriano Monteiro afirmasse em discurso para uma platéia atenta do bairro São Francisco de que ficou entusiasmado com a sessão itinerante pois torna a Casa Corsino de Farias Souza ainda mais democrática.

“Fiquei animado com a realização da sessão itinerante, pois sei que ela deixa a Câmara mais democrática”, enfatizou Adriano que aproveitou a ocasião para defender a criação do orçamento participativo, o que faria com que os taperoaenses compartilhassem das deliberações do Poder Legislativo.

Das 22 reuniões que serão realizadas em comunidades das zonas urbana e rural na administração da nova Mesa-diretora, a segunda está prevista para acontecer na primeira quinzena de abril e será em um sítio ainda a ser escolhido pela presidência e sua equipe de assessores.

Para que o local seja definido é preciso avaliar uma série de detalhes como o deslocamento de parlamentares e convidados, bem como a estrutura do ambiente onde será feito o encontro, entre outros elementos que são necessários para que o contato direto com os habitantes seja o mais tranqüilo possível.

O projeto de tirar uma vez por mês os vereadores da Câmara e conduzi-los até aos bairros e sítios do município faz parte de um conceito de governabilidade transparente inserido pela nova gestão que aspira uma administração na qual toda a sociedade tenha acesso e que contribua efetivamente nas atividades parlamentares.

Para o idealizador da proposta, Sandro Brito, que conta com total apoio dos colegas vereadores Irandi Ferreira, Adriano Monteiro e Maria Sileide, é importante e necessário promover a proximidade cada vez maior com o povo.

“Gostaria de ressaltar os enormes esforços que a Câmara Municipal de Taperoá vem desenvolvendo no sentido de ampliar a democratização tanto das informações quanto do processo decisório na atuação dos parlamentares” anuncia Sandro que ressalta, ainda, que a Casa Corsino de Farias Souza foi um das primeiras do Estado da Paraíba a criar site e realizar transmissão das sessões através da internet.

No primeiro encontro entre vereadores e população fora da Casa na zona urbana a falta de infra-estrutura e desatenção da Cagepa no abastecimento de água encanada foram duas das principais reclamações do público, agora a expectativa se volta para as prioridades que serão levantadas pelos habitantes dos sítios que serão visitados em abril.

 

taperoa.com
com Ascom/Câmara de Taperoá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top