All for Joomla All for Webmasters

Cinco matadouros clandestinos são interditados na cidade de Taperoá

Cinco matadouros clandestinos foram interditados em Taperoá depois da instauração de um inquérito policial, que investigava as irregularidades. Os locais estavam funcionando sem a licença da vigilância sanitária, atuando sem estrutura e oferecendo riscos à saúde da população. Conforme o promotor Leonardo Cunha Lima de Oliveira, a prefeitura será notificada para a reforma de um espaço que servirá como abatedouro legal de animais.

De acordo com o promotor, não há matadouros públicos na cidade e nenhum dos privados correspondia às exigências da vigilância sanitária. “Houve uma investigação e esses estabelecimentos foram fechados. O Ministério público firmou um pacto, através de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), com a prefeitura, que deverá reconstruir um dos matadouros interditados, para o funcionamento legal. Esse novo local poderá ser utilizado por todos os profissionais do setor após firmado um convênio com a prefeitura”, contou o promotor.

Ele também informou que a prefeitura será notificada para, dentro do prazo de 15 dias, regularizar a situação.

De acordo com levantamento do Serviço de Inspeção Estadual (SIE), 81 matadouros clandestinos funcionam irregularmente em todo Estado. A equipe do Jornal da Paraíba tentou contato com a Prefeitura de Taperoá, mas não obteve êxito.

Com JP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top