All for Joomla All for Webmasters

Congresso da Palma

Congresso da Palma começa em JP com a presença de 50 países

Do campo para as escolas e a mesa da população, a palma deixou de ser apenas ração animal para começar a ganhar espaço na gastronomia e na indústria de cosméticos. Congresso da Palma começa em JP com a presença de 50 países

Do campo para as escolas e a mesa da população, a palma deixou de ser apenas ração animal para começar a ganhar espaço na gastronomia e na indústria de cosméticos. Hoje, a Paraíba possui mais de 150 mil hectares de palma, representando 25% de toda a área plantada no país, segundo a Federação da Agricultura e Pecuária da Paraíba (Faepa). A partir desta segunda-feira, dia 22, representantes de todo o Brasil e de mais de 50 países se reúnem no Hotel Tambau, em João Pessoa, no VI Congresso Internacional de Palma e Cochonilha. O evento termina apenas no dia 26 e espera apresentar 240 trabalhos científicos que serão apresentados em forma de pôsteres, além de 35 palestras.

A última edição do congresso ocorreu no México e a Paraíba será o primeiro estado do país e da América do Sul a sediar o evento que reunirá mais de 550 participantes. O tema central do congresso é “Produção de Palma e de outras Cactáceas nos diferentes Ecossistemas Áridos e Semi-áridos do Mundo: Desafios e Avanços Tecnológicos”. O Congresso vai propiciar à comunidade científica nacional e internacional, técnicos, estudantes e produtores rurais, acesso aos avanços científicos e tecnológicos mais recentes nessa área. O evento é realizado pela Faepa, Sebrae, Universidade Federal da Paraíba e tem o apoio do Senar, Governo do Estado e da FAO.

“Trata-se de um evento mundial que ocorre pela primeira vez no Brasil e representa um marco para o Estado e Nordeste, inaugurando uma nova etapa do desenvolvimento da atividade no Estado”, disse Luiz Alberto Amorim, diretor do Sebrae Paraíba. Segundo ele, a palma ainda é muito utilizada na alimentação animal. No entanto, em outros países, a exemplo do México, a palma é um importante motor da economia local com a produção de alimentos, cosméticos e artesanato.

Dentro da estrutura montada para o evento, haverá ainda uma área destinada à exposição de produtos e projetos exitosos no segmento, como o “Palmas para o Semi-Árido”, realizado pelo Senar, Faepa e Sebrae. “Desde o ano de 2005, o projeto de cultivo da palma tem ações voltadas para incentivar o aproveitamento de todo o potencial da palma, visando proporcionar a abertura das diversas opções econômicas que podem ser geradas com a cactácea”, disse Domingos Lelis, da assessoria técnica do sistema Faepa/Senar. Segundo ele, pelo menos, 2 mil pessoas foram capacitadas para o manejo da palma.

Palma na gastronomia

Segundo o presidente da Faepa, Mário Borba, a utilização do cactáceo, em especial no Nordeste, ainda é destinada em grande parte para a alimentação animal. “Enquanto isso, em outros países, a exemplo do México, a palma é como se fosse a laranja ou o abacaxi para o brasileiro. Todas as universidades pesquisam sobre a planta que é usada na produção de cosméticos, doces e medicamentos. No Brasil, a palma é uma grande alternativa para o semi-árido”, disse Mário Borba.

A palma é uma planta de origem mexicana que tem desempenhado, desde longas datas, um papel importante na cultura nacional. Em nível mundial, a palma recebe diferentes nomes comuns. Os usos que são dados à palma em alguns países do mundo são muito variados, desde a utilização como alimentação humana na forma de frutos frescos e verduras (brotos tenros) como na alimentação animal na forma de forragem.

Programação do VI Congresso de palma e cochonilha

22 de outubro de 2007 – Segunda-feira
20h00 – Solenidade de abertura – Presença de autoridades nacionais e internacionais – Apresentação de grupos folclóricos da Paraíba e Coquetel

Sessões Acadêmicas

23 de Outubro de 2007 – Terça-feira
08h00 – Sessão 1: Recursos, Conservação e Avaliação da genética da Palma
Coordenador: Dr. Candelario Mondragón Jacobo (México)
M.Sc. Djalma Cordeiro dos Santos (Brasil)
Dra. Innocenza Chessa (Itália)
Dr. Johan Potgieter (África do Sul)

10h00 – Sessão 2: Produção de Frutas e Nopalitos
Coordenador: Dr. Gurbachan Singh (India)
Dr. Clemente Gallegos (México)
Dr. Gilberto Aranda-Osório (México)
Dr. Paolo Inglese (Itália)

14h00 – Sessão 3: Agroindústria e Pós-colheita
Coordenador: Dra. Carmen Sáenz Hernández (Chile)
Dr. Joel Corrales-García (México)
Dra. Silvanda de Melo Silva (Brasil)

17h00 – Sessão 4: Os usos medicinais, cosméticos e como biocombustível dos produtos do Cactus
Coordenador: Dra. Maria Antonietta Livrea (Itália)
Dr. Changping Zou (EUA)
Dr. Diogo Ardaillon Simões (Brazil)

24 de Outubro de 2007 – Quarta-feira

08h00 – Sessão 5: Pragas e Doenças
Coordenador: Dr. Helmuth Zimmermann (África do Sul)
B.Sc. Enrique Antonio Lobos (Argentina)
Dr. Jaime Mena Covarrubias (México)
M.Sc. Rêmulo Araújo Carvalho (Brasil)
Dr. Wijnand J. Swart (África do Sul)

10h00 – Sessão 6: Produção e Utilização da Cochonilha
Coordenador: Dr. Liberatto Portillo Martinez (México)
Dra. Ana Lilia Vigueras Guzmán (México)
M.Sc. Victor Ignacio Flores (Peru)

14h00 – Sessão 7: Biologia e Biotecnologia
Coordenador: Dr. Francisco Campos (Brasil)
Dra. Claudete Aparecida Mangolin (Brasil)

17h00 – Sessão 8: Utilização do Cactus como forragem

Coordenador: Dr. Mário de Andrade Lira (Brasil)
Dr. Hichem Ben Salem (Tunísia)
Dr. Marcelo de Andrade Ferreira (Brasil)
Dr. Peter Felker (Estados Unidos)

19h30 – HORTIVAR

20:30 h JPACD – Journal of the Professional Association for Cactus Development: accomplishments, status and request for collaboration to build a better future.
Palestra com os criadores do Jornal da Associação Profissional para o Desenvolvimento do Cactus

25 de Outubro de 2007 – Quinta-feira
08h00 – Sessão 9: Utilização da Palma no controle da desertificação
Coordenador: Everardo V. de Sá Barreto Sampaio (Brasil)
Dr. Ali Nefzaoui (Tunísia)
Dr. Rômulo Simões César Menezes (Brasil)

10h00 – Sessão 10: Ecofisiologia
Coordenador: Dr. Park S. Nobel (Estados Unidos)
Dr. Jiftah Ben-Asher (Israel)
Dr. Peter Felker (USA)

14h00 – VI General Meeting of Cactusnet

26 de Outubro de 2007 – Sexta-feira
08h00 Juazeirinho e Taperoá – Visita Técnica (Campos de Palmas da Paraíba)

taperoa.com
IParaíba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top