All for Joomla All for Webmasters

Cooperar apresenta projeto Trilha da Coluna Prestes na Paraíba

O Projeto da Coluna Prestes na Paraíba, que teve os estudos topológicos das áreas patrocinadas pelo Projeto Cooperar, está sendo apresentado às comunidades integrantes, que agora terão como efetivar sua implantação, se tornando um atrativo turístico. Na quinta-feira (27), a coordenadora do Cooperar, Sônia Germano, preside a última reunião em Princesa Isabel.

Cooperar quer impulsionar o turismo no interior via projeto Trilha da Coluna Prestes na Paraíba.

O Projeto da Coluna Prestes na Paraíba, que teve os estudos topológicos das áreas patrocinadas pelo Projeto Cooperar, está sendo apresentado às comunidades integrantes, que agora terão como efetivar sua implantação, se tornando um atrativo turístico. Na quinta-feira (27), a coordenadora do Cooperar, Sônia Germano, preside a última reunião em Princesa Isabel.

Foram meses de estudos, levantamentos históricos, análises de dados, visitas aos locais por onde a Coluna Prestes passou, concluindo com a montagem do Projeto que ajudará na implantação das trilhas para o desenvolvimento do turismo local.

Foram realizados seminários em Coremas, em Pombal e em Uiraúna, com a participação dos prefeitos das cidades beneficiadas. Nesses encontros são apresentadas a importância e a valorização histórico-cultural para desenvolver o turismo regional.

Sônia Germano informou que foi a partir de Piancó que surgiu a idéia de se reestruturar a presença da Coluna Prestes na Paraíba, que passará a integrar o projeto de interiorização do turismo defendido pelo governador Cássio Cunha Lima.

“Feita a demarcação topológica, agora esse projeto está sendo apresentado nas cidades, reunindo prefeitos e lideranças de cada municípios, para que avaliem a possibilidade de usar isso como turismo histórico e cultural”, afirmou.

Nas reuniões, são feitas avaliações e discutido como usar o projeto como alternativa de geração de oportunidades com a exploração da atividade turística.Também participam do projeto, a Casa da Cultura de Piancó, o Instituto da Holos e o Sebrae.

Quando estiver plenamente em funcionamento, as trilhas deverão atrair a presença de turistas a partir de sua diversificada culinária, clima da região e sua cultura.

 

Fonte: Governo da Paraíba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top