All for Joomla All for Webmasters

Direção da ECIT de Taperoá esclarece investigação da Secretaria de Educação e lamenta forma como medida foi repercutida

images-4.jpg

Em contato com a reportagem do portal  a diretora da ECIT Melquíades Vilar, no município de Taperoá, Sônia Barreto, esclareceu que não houve irregularidades correspondente a gestão escolar no educandário. Segundo a gestora, o que ocorreram foram problemas em um procedimento de dedetização no prédio da escola, feita por uma empresa particular.

ENTENDA SOBRE O CASO

Segundo a diretora Sônia Barreto, após dedetizar a unidade escolar, a empresa garantiu que em três horas a instituição estava apta a retornar as atividades. Mesmo os alunos só voltando as aulas após o final de semana, o efeito da dedetização causou alguns problemas de saúde em estudantes e professores e alguns foram até levados para o Hospital local.

A gestão escolar, formada pela diretora Sônia Barreto e a coordenadora pedagógica Lúcia Farias, lamenta a forma como o processo foi divulgado e disse que está tranquila para esclarecer os procedimentos junto à Secretaria de Educação. A diretora disse ainda que espera que a empresa responsável pela dedetização seja responsabilizada.

 

Com Klebson Wanderley

Top