All for Joomla All for Webmasters

DO traz atos fechando 25 Coletorias na Paraíba; repartições de Sumé, Serra Branca, Taperoá e Boqueirão são desativadas

Coletoria Taperoá

O Diário Oficial do Estado trouxe na edição desta sexta-feira, 2, atos do governador Ricardo Coutinho (PSB) alterando a estrutura da Receita Estadual de fechando 25 Coletorias em diversas cidades e regiões da Paraíba, sem nenhum comunicado prévio. O deputado Carlos Batinga (PSC) fez duras críticas ao Governo pela decisão. “Ninguém foi comunicado desta medida, teve conhecimento disto. É um desrespeito do Estado para com o contribuinte e a sociedade”, afirmou o parlamentar.

Segundo o deputado, na região do Cariri ficou apenas a coletoria de Monteiro. “Foram fechadas as Coletorias de Sumé, Boqueirão, Taperoá e Serra Branca. Isto é um absurdo, para se ter ideia do desrespeito ao cidadão, os moradores de Coxixola e Parari terão que se deslocar mais de 80 quilômetros para Monteiro”, afirmou.

O Estado teria justificado o fechamento das Coletorias como um ato de contenção de despesas. Para Batinga, o Executivo tem todo direito de fazer estudos técnicos, remanejamentos, mas antes tinha que ter dialogado com os setores envolvidos. “Não comunicar, conversar previamente é um total desrespeito”, ratificou.

Batinga disse também que logo no início da manhã, quando tomou conhecimento do fato, entrou em contato com secretário da Receita, Marialvo Laureano, para manifestar, em nome do povo paraibano, a reprovação ao ato.

“Governo não pode tomar medidas e a população ficar sabendo pelo Diário Oficial”, reclamou ele, acrescentando que na próxima semana irá protestar contra a postura do Estado durante pronunciamentos na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top