All for Joomla All for Webmasters

Encontro dos Povos do Cariri é encerrado na madrugada desta segunda-feira

Banda Marcial de Taperoá

A segunda edição do Encontro dos Povos do Cariri (EPC), realizado em Taperoá, foi encerrada já na madrugada desta segunda-feira com shows na Praça de Eventos, com a participação de milhares de pessoas. Durante quatro dias a cidade foi a capital do Cariri, abrigando 31 cidades da região. Debates, conferências, exposições, mostras, shows, caminhadas pela natureza e desfiles, marcaram o evento.

No último dia do Encontro Taperoá foi tomada pelo ritmo, a musicalidade e colorido das bandas marciais, filarmônicas e fanfarras. Ao todo, 24 desfilaram pela cidade. Já no final da tarde, perfiladas nas proximidades da Prefeitura Municipal, elas começaram a desfilar pela rua Epitácio Pessoa, executando dobrados, canções e hinos, causando admiração e encantamento no público espalhado pelas calçadas. As bandas seguiram até a Praça de Eventos, onde uma multidão já as esperava. No local, cada uma teve a oportunidade de se apresentar tocando duas músicas.

Banda Marcial Mirim de Juazeirinho

As filarmônicas, marciais e fanfarras encerraram as apresentações por volta das 21h30, deixando um misto de perplexidade e saudade. “Foi um dos momentos mais bonitos do Encontro. Os componentes nos deixaram emocionados. Todas estão de parabéns”, declarou o prefeito de Taperoá, Deoclécio Moura. Logo em seguida, foi a vez do forró entrar em cena, com os shows de Os 3 do Nordeste e Paqueras do Forró, fazendo milhares de pessoas dançarem ao som do mais autêntico ritmo nordestino.

A Praça de Eventos também foi palco para a exposição dos municípios. Em estandes montados ao lado da igreja São Sebastião, as cidades do Cariri expuseram seus produtos, como artesanato em madeira, cerâmica, crochê, renda e outros. Além da Praça, mais 14 locais em Taperoá foram utilizados durante o evento. “Foi bastante positivo o Encontro. Alcançamos os objetivos propostos, que era de mostrar as potencialidades e ao mesmo tempo discutir o Cariri”, afirmou a gestora de Turismo do Sebrae, e uma das coordenadoras do evento, Rosa Correia.

 

Discussões e debates marcam o Encontro

Porém, a segunda edição do Encontro foi marcada, sobretudo, pelas discussões em torno das políticas públicas em benefício do Cariri paraibano. Secretários de Turismo, Educação, Saúde, sindicatos de trabalhadores rurais, universidades, defensores do meio ambiente, produtores rurais, prefeitos e vereadores, se engajaram em discussões inerentes aos seus setores com o intuito de buscar melhorias e formas de enfrentamento aos problemas comuns na região do Cariri. “Juntos nós podemos mais, juntos nós somos muito mais. A proposta desse evento nos chega como uma fórmula sensata e justa de defendermos o nosso Cariri”, lembrou o reitor da Universidade Leiga do Trabalho, Balduíno Lelys.

Entre essas discussões aconteceram o Encontro dos Prefeitos, na sede da Universidade Aberta do Brasil (UAB). Os gestores discutiram questões como a divisão dos royalties, problemas na saúde, endividamento e a economia dos municípios. Para fortalecimento desse setor, os prefeitos defenderam e aprovaram a criação do Empreender Cariri, para gerar renda e emprego nas pequenas cidades.

Os vereadores também participaram do EPC, e com o auditório da UAB lotado, decidiram por criar o Parlamento do Cariri, uma entidade associativa que irá reunir as câmaras dos 31 municípios da região.

Já no encontro, houve a fundação, aprovação do estatuto e definição da diretoria executiva, que ficou composta pelo presidente da Câmara de Taperoá, Sandro Brito que também foi eleito presidente do Parlamento, vice-presidente, Paulo Sérgio, de Serra Branca, e como primeiro secretário, Francisco Antonio da Silva, de Taperoá. “A nossa proposta é fortalecer as câmaras e encaminhar reivindicações comuns que possam ajudar no desenvolvimento dos municípios que representamos”, disse Sandro.

Representantes de universidades debatem sobre a importância do ensino a distância

A manhã do último domingo em Taperoá, foi marcado pelas discussões em torno da educação, especialmente do ensino a distância, e sua colaboração para disseminar o ensino superior. A coordenadora de ensino a distância da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Lúcia Giovanna Duarte de Melo, proferiu a palestra, na sede da Universidade Leiga do Trabalho (ULT). O debate aconteceu dentro da programação do Encontro dos Povos do Cariri (EPC), que será encerrado na noite de hoje.

Segundo ela, os resultados dessa modalidade de graduação tem surpreendido, e não tem deixado a desejar quando comparado aos cursos presenciais. “As notas dos alunos das universidades virtuais e presenciais apresentam o mesmo nível. Os estudantes se mostram tão comprometidos e responsáveis quanto os que freqüentam as salas de aula todos os dias”, declarou.

Expofeira de caprinos e Ovinos

Mais de mil animais estiveram expostos em Taperoá, coma realização da Expofeira de Caprinos e Ovinos. Produtores rurais foram atendidos pelas linhas de crédito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Cerca de 50 projetos foram aprovados e os criadores foram beneficiados com valores de até R$ 2 mil, cada um.

A feira aconteceu no Parque de Exposições da cidade, em uma área de 20 mil metros quadrados, e é considerada uma das melhores estruturas da região Nordeste. Ela faz parte da programação do Encontro dos Povos do Cariri.

Grupos de dança deram show

Os grupos de dança deram um show a parte no Encontro dos Povos do Cariri. Eles se apresentaram na Praça de Eventos da cidade, e contaram com um grande público para prestigiar os espetáculos.

Com xote, xaxado, coco de roda, ciranda eles mostraram toda a desenvoltura e brilho necessárias para deixar o público admirado.

Os grupos de dança vieram de vários municípios paraibanos, e fizeram da cidade de Taperoá o palco para mostrar o que o Cariri tem de melhor.

 

foto: taperoa.com
Com Giovannia Brito
Assessoria de Comunicação EPC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top