All for Joomla All for Webmasters

Estréia de petista na presidência da Câmara rendeu satisfação popular e aumento salarial para Educação

Após pouco mais de dez dias de trabalhos intensos para reestruturar a sede da Câmara Municipal, localizada no centro da cidade, o novo presidente eleito em dezembro passado, Sandro Brito (PT), deu início às sessões do parlamento por volta das 18h30 da última sexta-feira, 11, para uma platéia estimada em cerca de 50 pessoas. Os taperoaenses também puderam acompanhar o encontro dos legisladores pela internet através dos sites www.camarataperoa.com.br e www.taperoa.com, e da rádio comunitária local.

Na reabertura da Casa Legislativa, que contou com o discurso de tom conciliador do prefeito Deoclécio Moura (PSB), o público e os parlamentares que estiveram presentes, puderam observar as mudanças estruturais que foram feitas pela nova administração, e ficaram impressionados com a comodidade e a tranqüilidade instaladas pelo petista e por seus assessores ao local, assim como também com os projetos de Lei que foram postos em pauta que agradaram, em especial, aos servidores da Educação.

Os oito de nove vereadores, já que o ex-presidente Aílton Paulo (PSDB) não apareceu à sessão e até o momento não justificou sua ausência, que compareceram à retomada dos trabalhos na Câmara, aprovaram o aumento de 10% no salário dos professores do município que pretenderam inicialmente um acréscimo de 13%.

A proposta apresentada pelos trabalhadores da educação municipal foi negada pelo governo Deó que chegou a oferecer 8% há cerca de uma semana em uma reunião entre educadores que integram uma comissão permanente da classe com apenas as secretárias Divânia Gomes (Educação), que voltou a comandar a Pasta, e Lúcia Farias (Finanças) que representaram o prefeito e puseram em prática o que ele lhes determinou.

No primeiro encontro dos vereadores também foi concedido um aumento corrigido de acordo com a variação do salário mínimo somente para a direção administrativa da Casa Corsino de Farias Souza, cargo, aliás, que desde 2003 não obtinha reajuste algum. Para acrescer valor ao salário de todos os servidores da Câmara (apenas 3), os parlamentares teriam que terem diminuídos o vencimento de cada um deles já que a Casa tem que disponibilizar 70% dos recursos com a folha de pagamento.

Depois do encerramento da primeira sessão, o presidente Sandro Brito recebeu aos colegas, taperoaenses, e blogueiros da cidade em uma das novas salas construída anterior ao parlamento onde foi servido um coquetel em comemoração a reabertura e modificações feitas no prédio com o objetivo alcançado de recepcionar melhor ao povo.

 

taperoa.com
com Ascom/Câmara de Taperoá
Jandro Gomes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top