All for Joomla All for Webmasters

Fubá de Taperoá


Juberlino Martins Levino, nasceu em Taperoá/PB em 1942, filho de João Martins Levino e Maria de Carmo Basílio, casado com Maria de Lourdes Nomeriano (também Taperoaense) e tem 2 filhos: Ronaldo e Carlos. Sua cidade é berço de gente famosa como: Ariano Suassuna, Vital Farias, Abdias (Pai e Filho) e Zito Borborema. O menino humilde conheceu o caminho da roça e a música logo cedo. No roçado ajudava seu pai e saboreava melancia quebrada no canto da pedra e outras frutas silvestres.

Descendente da família Martim. Fubá de Taperoá por sua vez foi pedreiro, agricultor enfim um homem batalhador. Sua vida foi um pouco sofrida, tinha de ter que sair de as cidade em cima de jumento para a Marcação cantando forró com seu pandeiro de lata. Ele começou sua carreira batendo pandeiro com Abdias e foi para o Rio de Janeiro com Zito Borborema tocando Zabumba e a seguir começou com Pedro Sertanejo cantando seus forrós e agora segue sua carreira com Dominguinhos.

Não viveu só de secas prolongadas, mas da fartura das invernadas responsáveis pelos frutos polpudos, canjicas, pamonhas, cuscuz e feijão verde na manteiga-da-terra servido em prato de barro. Sua vida artística começou no período de infância, influenciado pelos pais. A mãe compunha músicas carnavalescas para o bloco Campo Louro, do pai de Fubá. Com doze anos de idade, tocava zabumba nos forrós nos sítios da região ao lado de sanfoneiros locais como o velho Abdias e depois seu filho Abdias. Os sanfoneiros faziam de tudo para o menino poder tocar nos inferninhos (Cabarés), pois se não o fizesse a festa estava ameaçada e não poderia acontecer.

Suas primeiras músicas foram: Asa Branca Cantadeira, Coqueiro Velho, Pisa Devagar, Minha Campina, Na Casa do Fazendeiro, Dormir Demais, Lá Vai, A Boiada, etc. E hoje ele tem seus CD’S gravados com várias participações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top