All for Joomla All for Webmasters

Gigante Paraibano

O Governo do Estado vai construir, com recursos próprios, e doar ao paraibano Joélisson Fernandes da Silva, o “Ninão”, de 2,29 metros de altura, uma casa com todas as condições necessárias para que ele possa receber seus amigos de cabeça erguida, como também viver em situação confortável, sem ter que se curvar para transitar dentro de sua residência. A boa notícia foi comunicada pelo próprio governador Cássio Cunha Lima a família de Ninão, recentemente.
O Governo do Estado vai construir, com recursos próprios, e doar ao paraibano Joélisson Fernandes da Silva, o “Ninão”, de 2,29 metros de altura, uma casa com todas as condições necessárias para que ele possa receber seus amigos de cabeça erguida, como também viver em situação confortável, sem ter que se curvar para transitar dentro de sua residência. A boa notícia foi comunicada pelo próprio governador Cássio Cunha Lima a família de Ninão, recentemente.

A nova casa do gigante da Paraíba será construída através da Companhia Estadual de Habitação Popular (Cehap), e ocupará um terreno de 12 metros de frente por 30 metros de fundo localizado na avenida principal do município de Assunção, no Cariri paraibano.

Atualmente, “Ninão”, como é mais conhecido o gigante paraibano, mora numa casinha pequena e muito baixinha, de apenas três cômodos, localizada na comunidade Cajazeiras, na zona rural da cidade. Dentro de casa ele é obrigado a andar curvado, e tem que dormir na cozinha, onde foi instalada uma cama de tamanho especial para ele.

Na nova moradia, além de altura suficiente, ele encontrará conforto e muitos cômodos, incluindo-se uma suíte composta de um quarto de 3,30 x 4,40 m e um banheiro de 2,00 x 2,85 – a “Suíte Ninão”, conforme denominação contida na planta disponibilizada pelo diretor técnico da Cehap, engenheiro Ademilson Montes Ferreira, e assinada pela arquiteta Áurea Borba.

Segundo consta do projeto arquitetônico, além da “Suíte Ninão”, a casa (que terá área de construção de 115,78 m² e área coberta de 173,76 m²) será composta de outros três quartos, sendo um de casal com 3,00 x 4,15 m e dois de solteiro de 3,00 x 3,00, uma sala de 4,40 c 4,35, um terraço de 1,85 x 4,40, uma cozinha de 3,20 x 2,85, um banheiro social de 1,50 x 3,00, uma área de serviços de 3,20 x 1,55 e uma área de circulação (corredor) com 1,00 metro de largura.

O terreno de 12 x 30 m já foi adquirido pelo governo; o projeto arquitetônico já foi elaborado, e agora a Cehap está tratando das questões legais para então dar início à construção do imóvel que vai mudar a vida do gigante de Assunção e de todos os familiares que moram com ele na casinha da comunidade Cajazeiras.

Ninão e família agradecem a Cássio por casa própria

Joélisson Fernandes da Silva, 21 anos, o Ninão, nasceu em Taperoá, no Cariri paraibano, em 15 de agosto de 1985. Ele, os pais e toda a família estão muito gratos pela ajuda que o Governo do Estado está promovendo: uma casa nova para que todos passem a morar em Assunção com mais conforto.

Ninão fez questão de agradecer ao governador Cássio Cunha Lima: “Obrigado governador Cássio por ter me presenteado com uma casa para nossa família porque a gente estava precisando muito”, disse. O pai de Ninão, José Balduíno, agradeceu pela nova casa.

Todos estão ansiosos pela nova moradia, mais ampla e adaptada para o gigante Ninão, vai inclusive facilitar a ida à escola, dele e dos irmãos, já que o sítio Cajazeiras fica a quatro quilômetros de Assunção.

Joélisson parou de crescer há dois anos. Jovem educado, pacato, tímido, Ninão pesa hoje 147 quilos, mede 2,30m de altura, estuda a quarta série do ensino fundamental. Ninão afirmou que seus pais notaram seu crescimento anormal a partir dos 5 anos de idade. Anos depois o levaram a um médico que diagnosticou o seu crescimento como normal.

Aos 21 anos de idade Ninão começa a ser descoberto pela mídia por conta dois seus 2,30 metros de altura. Em janeiro deste ano a TV Tambaú produziu reportagem com ele e as portas abriram-se. A TV Record, produziu matéria com ele no programa Domingo Espetacular e no “Tudo é Possível”, apresentado por Eliana. Na Record Ninão recebeu vários presentes: um veículo Doblô, R$ 6 mil em espécie, computador, uma coletânea de CDs e DVDs do cantor sertanejo Sérgio Reis, além de curso de informática de uma empresa que atua em todo o Brasil. Ninão vai estudar computação em Patos. Uma grande empresa de calçados presenteou Ninão com seis pares de tênis e outra empresa forneceu pares de sandálias.

Os pais de Joélisson, José Balduino e Divanilda Fernandes, agricultores, revelaram alegria pela descoberta do filho Ninão, pela imprensa, pois a família é pobre e agora a vida começa ter menos dificuldades.

O segundo mais alto do mundo

O jovem Joélisson Fernandes da Silva tem hoje 2,30 metros de altura, pesa aproximadamente 147 quilos, calça 58 e é o homem mais alto do Brasil e o segundo do mundo, perdendo em altura somente para o chinês Bao Xishum, de 2,36 metros, que esteve recentemente no Brasil para divulgar o Guinness Book.

Integrante de uma família de cinco irmãos (Joélisson/Ninão, Joabson, Jucielma, Jucenilma e Janilson), filhos de José Balduino e Duanilda Fernandes, ele convive ainda, em casa, com dona Laudice Balduino da Nóbrega – sua avó, uma simpática senhora de olhos claros que vê no neto uma pessoa absolutamente normal.

Endossando o que diz dona Laudice, o irmão mais velho de Ninão (Joabson Fernandes) afirma que ele tem uma saúde normal, joga futebol, fazendo muitos gols, e dirige automóveis e motocicletas. Atualmente é aluno da Escola Nossa Senhora das Graças, onde voltou a cursar a 4ª série do ensino fundamental.

“Ninão é estudioso, inteligente, e agora também tem um emprego”, comenta Joabson, referindo-se a um contrato que o irmão gigante assinou com uma rede de supermercados de Campina

taperoa.com
pb.gov

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top