All for Joomla All for Webmasters

Guerra contra aftosa

Governo convoca prefeituras a se engajarem na guerra contra aftosa.

O Governo do Estado está empenhado em transformar a Paraíba em zona livre de aftosa e para isto está conclamando todos os produtores, as prefeituras, associações comunitárias, sindicatos e organizações não governamentais para esta verdadeira guerra contra a aftosa. Governo convoca prefeituras a se engajarem na guerra contra aftosa.

O Governo do Estado está empenhado em transformar a Paraíba em zona livre de aftosa e para isto está conclamando todos os produtores, as prefeituras, associações comunitárias, sindicatos e organizações não governamentais para esta verdadeira guerra contra a aftosa.

Segundo o secretário de Agropecuária do Estado da Paraíba, Francisco de Assis Quintans, todos os prefeitos paraibanos estão sendo convocados mais uma vez a trabalharem em parceria nesta segunda etapa da campanha de vacinação, que prosseguirá até o dia 30 de outubro. Os prefeitos poderão, através das secretarias municipais de agricultura, incentivar os produtores a vacinarem seus rebanhos, esclarecendo-os da importância da prevenção para evitar um terrível mal que já atingiu outras regiões do país, com sérios prejuízos para a economia nacional.

O Governo do Estado, através da SEDAP e suas vinculadas, elegeu como uma das prioridades para 2007 tornar a Paraíba como zona livre de aftosa.Após ser considerado como zona livre de aftosa, a Paraíba ganhará muito em termos econômicos, pois os pecuaristas poderão vender animais e produtos derivados para outros estados da federação, o que não acontece atualmente.

Além de uma ampla campanha de vacinação do rebanho, está sendo reestruturada a Defesa Agropecuária, de modo que até o final do ano estarão em funcionamento 28 postos em todo o Estado.

“O trabalho conjunto entre as Secretarias Municipais de Agropecuária e as USALV’s – Unidades Locais de Sanidade Animal e Vegetal será de fundamental importância para que possamos ampliar os índices de cobertura vacinal, um dos itens essenciais para que a Paraíba possa receber a certificação como Zona Livre de Aftosa”, comentou o secretário Francisco Quintans.

taperoa.com
Secom – PB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top