All for Joomla All for Webmasters

Mesmo com liminar judicial presidente da Câmara de Taperoá não realiza sessões

Apesar da existência de uma liminar concedida pelo Dr. Iano de Miranda juiz titular da comarca de Taperoá, obrigando o presidente da Câmara Municipal de Taperoá a realizar as sessões ordinárias todas as sextas feiras a partir das 18:30 hs, não é o que vem acontecendo na Casa de Corsino de Farias, a equipe do taperoa.com esteve presente à sede do legislativo municipal no dia 11 de junho e apesar de o prédio se encontrar aberto, os vereadores de oposição alegam que o livro de atas e o de presença atas não estavam disponíveis, como determina a liminar, e que a diretora de secretaria não se encontrava presente o que impossibilitou que protocolassem um pedido de CPI, para apurar a emissão de cheques sem fundos em nome da câmara municipal por parte do seu presidente vereador Ailton Paulo de Souza e tornando impossível a realização da sessão.

Já no dia 18 de junho ao chegar à Câmara nossa equipe constatou que a mesma sequer foi aberta, o que, de acordo com os vereadores de oposição que lá estavam presentes mais uma vez, desrespeita de forma muito afrontosa a medida cautelar concedida no Mandado de Segurança por eles impetrado.

Para os vereadores Betinho e Sandro Brito, o presidente da Câmara está tentando impedir a instalação da CPI dos Cheques sem Fundos, além de estar constrangido com o insucesso de sua manobra para afastar o vereador do PSDB. Já a vereadora Sileide se disse muito triste com a conduta do presidente da Câmara: “Me sinto mal com isso, nossa obrigação formal se restringe a uma sessão por semana, e nem isso eles querem realizar, é vergonhoso!”, desabafou a oposicionista.

 

Da redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top