All for Joomla All for Webmasters

Novo bairro é criado e mais benefícios à população foram aprovados pela Câmara de Taperoá

Mais uma Sessão da Casa Legislativa de Taperoá aconteceu nessa sexta feira (24/05). Foram aprovados projetos e requerimentos que trarão importantes benefícios a população Taperoaense. Dentre eles, há o destaque para a autorização dada à Prefeitura Municipal para quem tiver dívidas, de IPTU, por exemplo, as quais poderão sofrer redução de juros e multas.

Em relação ao tema habitação, O PL 016/2013, autoriza a Prefeitura a desenvolver ações para implementação do programa “Minha Casa Minha Vida”.

Foi autorizada, na mesma oportunidade, através de projeto de lei aprovado por unanimidade, a alteração do Código Tributário Municipal para redução da base para o cálculo da taxa de fiscalização para a localização e funcionamento de atividades como bares, salão de beleza, academias, transportes de natureza municipal, Micro Empreendedor Individual, entre outros.

Todos os três projetos citados foram de autoria do Poder Executivo Municipal.

Outro destaque ficou para a criação do Bairro “A Pedra do Reino”, que se delimita desde a “Ponte Velha” sobre o Rio Taperoá até o Conjunto Maria Alice, próximo ao Parque de Exposição, projeto apresentado pela Vereadora Margarete.

Dois outros projetos, que instituem a Semana da Água e a Semana de Segurança do Trânsito, ambos da Vereadora Jane Maria Monteiro de Farias Neris, também foram aprovados.

Também foras levados, à aprovação do plenário, requerimento endereçado ao Governador do Estado no qual se solicita agilidade na obra que traria água da barragem de Mucutu ao município e requerimento à Prefeitura solicitando informações de prestação de contas sobre alguns convênios firmados entre a Prefeitura de Taperoá e o Governo Federal, os quais ainda aparecem no portaldatransparencia.gov.br como pendentes.Todos os convênios foram encerrados em dezembro de 2012.

Muitos os debates ainda foram travados pelos vereadores e vereadoras sobre questões não resolvidas, como a adutora de Mucutu, a perfuração de poços na zona rural e a chegada o posto do INSS.

Nas considerações finais, a senhora Presidenta Margarete concedeu a palavra ao jovem Hélio Rodrigues, representante do Movimento Jovem da nossa cidade, e membro do comitê gestor para acompanhamento das medidas a serem tomadas para redução dos efeitos da estiagem na nossa cidade, criado pela Câmara Municipal em Sessão Especial.

O representante se mostrou preocupado, com a situação do abastecimento d’água ,solicitando do comitê uma reunião para saber quais medidas poderão ser tomadas a partir de agora ,já que o governador informou que a transposição da água de Mucutu não é viável,devido a sua baixa qualidade.

Todos os projetos foram aprovados pela unanimidade dos vereadores e toda a sessão transmitida pela Rádio Taperoá FM, pelo Site da Câmara, com link também no taperoa.com.

 

Com Ascom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top