All for Joomla All for Webmasters

Novo programa

Técnico do MEC apresenta novo programa aos prefeitos do Cariri paraibano.

Atendendo convite do presidente da Associação dos Municípios do Cariri e Agreste Paraibano (Amcap), José Carlos Vidal (foto), o diretor do Departamento de Jovens e Adultos, do Ministério da Educação e Cultura (MEC), Thimothy Ireland, esteve em Campina Grande para apresentar o novo modelo do programa Brasil Alfabetizado, lançado na última semana, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Técnico do MEC apresenta novo programa aos prefeitos do Cariri paraibano.

Atendendo convite do presidente da Associação dos Municípios do Cariri e Agreste Paraibano (Amcap), José Carlos Vidal (foto), o diretor do Departamento de Jovens e Adultos, do Ministério da Educação e Cultura (MEC), Thimothy Ireland, esteve em Campina Grande para apresentar o novo modelo do programa Brasil Alfabetizado, lançado na última semana, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O prefeito de Livramento, José Anastácio, que representou o presidente da Amcap, disse que o analfabetismo ainda é uma grande chaga do país. “Para combatê-lo, será necessária a união do presidente, governadores, prefeitos e da sociedade civil, pois é um mal que atinge a todos”, frisou.

Em sua palestra no auditório do Sebrae, o diretor Thimothy Ireland além de expor as mudanças, apresentou um mapa com os municípios paraibanos com os índices de analfabetismo. “A Paraíba ainda existem milhares de pessoas que não sabem ler e escrever. Dos 223 municípios, 158 tem um índice igual ou superior a 35% da população analfabeta”, informou.

No novo modelo de alfabetização caberá aos estados e municípios cadastrar jovens e adultos analfabetos, cadastrar e capacitar os professores da rede que desejam participar da atividade alfabetizadora e acompanhar a execução do ensino. Thimothy Ireland disse que o MEC pagará uma bolsa mensal de R$ 200,00 ao professor que aceitar a tarefa de alfabetizar em turno diferente daquele que faz na escola. “Para que esse dinheiro chegue diretamente ao professor o Departamento de Jovens e Adultos irá abrir uma conta específica para cada um”, enfatizou.

O MEC também vai repassar recursos aos estados e municípios para capacitar professores, supervisionar o programa e oferecer merenda e transporte escolar nos casos em que o aluno depender desse incentivo para permanecer na escola aprendendo.”Também vamos fazer um convênio com o Ministério da Saúde para fornecer óculos às pessoas que necessitam e não tem condições de comprar”, lembrou.

Na palestra o diretor informou que o MEC vai criar dois selos. Um é o da Cidade Livre do Analfabetismo, para os municípios que apresentarem índices inferiores a 3%, e o de Cidade Alfabetizadora, para os que conseguirem reduzir o analfabetismo em 50%.

taperoa.com
Assessoria Amcap

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top