All for Joomla All for Webmasters

Os Políticos “SEVERINOS”

Os Severinos que eu falo são aqueles da política,
cujos seus procedimentos estão abaixo da crítica,
no ético, no moral e no social se comportam muito mau,
se abraçam nos bastidores, tudo em troca de favores,
desprovidos de rancores, não importa se é rival.

Campos, I.S. – Rio Branco – Acre, 16-04-2005

OS POLÍTICOS “SEVERINOS”

Os Severinos que eu falo são aqueles da política,
cujos seus procedimentos estão abaixo da crítica,
no ético, no moral e no social se comportam muito mau,
se abraçam nos bastidores, tudo em troca de favores,
desprovidos de rancores, não importa se é rival.

Outro dia um Severino, cabra macho do sertão,
aprontou uma lambança, que despertou a Nação,
para uns fatos conhecidos, praticados escondidos,
por muitos parlamentares favorecendo seus pares,
amigos e familiares, com justificativas vulgares.

Severino abriu o verbo e falou para o Brasil,
sem querer, ou talvez querendo, ele acendeu um pavio,
de uma bomba caseira, explodindo a sujeira que,
com o passar do tempo se entranhou no parlamento,
sobrepujando as ideologias e a razão, com raríssima exceção.

Todos os fatos apontados por Severino na TV,
são coisas já corriqueiras, que todos os dias se escuta e se lê,
denúncias de corrupção, favorecimentos e locupletação,
de políticos ou dirigentes, a todos e a tudo indiferentes,
pois há sempre uma maneira de apagar a fogueira e livrar o indecente.

Nepotismo, favorecimento, negociações, tráfico de influência,
além de muitas viagens. Quem paga as passagens? Verdadeira indecência.
Essas coisas abusivas e alguns outros predicados são comumente apontados,
pela tal oposição, esperando o momento de ir pro lado de dentro pra poder meter a mão.
Meter a mão com vontade, pois quem faz voto de pobreza não é político, é padre.

Mas uma coisa é certa, o Severino foi ousado e verdadeiro,
mostrou para todo mundo, que para o mau político o que importa é dinheiro.
Severino expôs as chagas de uma das grandes pragas que assolam o País,
que todo político conhece, mas prefere as benesses, se sabe mas não se diz.
São todos uns Severinos manipulando o destino, sem medo de ser feliz.

A grande preocupação do povo e que o deixa desanimado,
é que político decente, preocupado com a gente é difícil ser encontrado,
é como encontrar um agulha num palheiro, por um cego procurado.
Sonhamos ver algum dia gente séria legislando, decidindo e aprovando,
projetos de qualidade que atendam às necessidades, não apenas enganando.

 

Campos, I.S. – Rio Branco – Acre, 16-04-2005

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top