All for Joomla All for Webmasters

Pacto do Cariri

Pacto do Cariri reúne lideranças políticas e da sociedade civil em Barra de Santana.

Na definição de novos projetos e investimentos, lideranças políticas e da sociedade civil se reúnem sábado, dia 26, no Encontro Regional do Pacto Novo Cariri, em Barra de Santana. Na ocasião, serão discutidas, as realidades econômicas dos municípios e formuladas intervenções para dar continuidade ao ciclo de desenvolvimento regional que se iniciou há seis anos. Pacto do Cariri reúne lideranças políticas e da sociedade civil em Barra de Santana.

Na definição de novos projetos e investimentos, lideranças políticas e da sociedade civil se reúnem sábado, dia 26, no Encontro Regional do Pacto Novo Cariri, em Barra de Santana. Na ocasião, serão discutidas, as realidades econômicas dos municípios e formuladas intervenções para dar continuidade ao ciclo de desenvolvimento regional que se iniciou há seis anos.

Para o encontro, são esperados prefeitos, presidentes de associações, entidades e empresários que se reúnem às 8h30, no auditório da Secretaria de Educação do município. Nos últimos anos, o Cariri deixou de ser sinônimo de pobreza para ser modelo de desenvolvimento sustentável. Em 2001, o Cariri amargava indicadores que colocavam a região em situação de ‘emergência social’. Índices de desenvolvimento humano municipais abaixo da média estadual, estagnação econômica e ações desarticuladas para vencer grandes desafios, como a convivência com as estiagens.

Segundo José Carlos Vidal, presidente da Associação dos Municípios do Cariri Paraibano, a região saiu de uma realidade de dificuldades para a de crescimento. "Evoluímos nas áreas de caprinocultura e turismo. Hoje, grupos culturais do Cariri se apresentam em todo o país e temos campus da Universidade Federal de Campina Grande, em Sumé ainda em instalação, e da UEPB em Monteiro", destacou.

"A criação do Pacto fortaleceu as organizações civis, estimulou as gestões municipais e a iniciativa privada a buscarem soluções para problemas comuns e que estavam relacionados ao desenvolvimento da região como um todo", disse Luiz Alberto Amorim, diretor do Sebrae Paraíba.

Às 9h30, em Barra de Santana, Luiz Alberto ministra a palestra ‘Cariri, uma nova realidade’, e expõe indicadores das mudanças vividas pela região. No encontro, haverá ainda palestras, debates e serão definidas as datas de seminários municipais para realização de um diagnostico do Cariri e articulação de grupos de trabalho.

União – O Pacto Novo Cariri foi um movimento criado em 2001 e teve como principal foco o aproveitamento das vocações e potencialidades econômicas. Desde então gerou emprego e renda para os paraibanos que vivem no local. A caprinovinocultura foi a primeira atividade beneficiada com as ações de capacitação do Pacto, que vão desde a organização dos produtores, treinamentos e consultorias especializadas, até o apoio na busca de mercados e comercialização dos produtos.

Atualmente, são 350 mil litros/mês produzidos a região, que respondem por cerca de 70% da produção de leite de cabra do estado. Uma atividade que passou a injetar meio milhão de reais mensalmente na região, beneficiando diretamente 600 famílias de produtores rurais e mais de 3 mil famílias atendidas pelos programas ‘Leite da Paraíba’, do governo do Estado e ‘Fome Zero’, do governo federal.

Turismo e Cultura – O Cariri conquistou espaço com o turismo e consolidou roteiros, a exemplo do turismo ecológico e de aventura direcionado ao Lajedo de Pai Mateus, em Cabaceiras. A cidade passou a ser rota de cineastas de todo o país e já abriga pelo menos oito produções cinematográficas. Em Taperoá, o escritor Ariano Suassuna teve mais um dos seus textos reproduzido para a TV Globo, que apresenta nos próximos dias ‘A Pedra do Reino’. A história e a cultura da região ganhou sede oficial no Instituto Histórico e Geográfico (IHCG), localizado na cidade de São João do Cariri e talentos da terra, como a Orquestra Sinfônica do Cariri, começam a ganhar reconhecimento.

Para Doralice Torreão, presidente da Associação de Turismo nos Espaços Rural e Cultural do Cariri Paraibano, o pacto levantou a auto-estima da população, tirando a imagem de que "a região não era lugar de se viver". Ela acredita que a realidade do Cariri, ainda precisa ser melhorada, mas de forma compactuada e unida. "Não é apenas um município ou produto que vai fazer com que sejamos respeitados lá fora, mas sim a ação conjunta das regiões", ressaltou.

Artesanato – O fazer artesanal de mulheres da região, passou a ser reconhecido estadual e nacionalmente. Hoje são 600 artesãs organizadas em cinco associações que produzem a renda renascença. As peças são vendidas em feiras e eventos dentro e fora do Estado, inclusive, com a participação em desfiles de moda nacional, como o São Paulo Fashion Week.

taperoa.com
Sebrae Paraíba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top