All for Joomla All for Webmasters

Prefeitura de Taperoá e CMDCA realizam I Seminário dos Direitos da Criança e do Adolescente

Diversas temáticas foram realizadas durante o seminário

Na última sexta-feira (14) aconteceu em Taperoá o I Seminário Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA), em parceria com a Prefeitura, que teve como tema “Família: Discutindo Proteção e Violência de Direitos”. O evento foi realizado no auditório da Escola Municipal Cel. Pedro de Farias com o objetivo de promover um amplo debate, envolvendo a sociedade sobre o futuro das crianças, adolescentes e jovens. Durante todo o dia, pessoas que trabalham com este público debateram o assunto.

O Seminário foi aberto com uma apresentação de dança do grupo Raízes, executados pelos alunos do Projeto Os Sertões, em seguida o Hino Nacional e o Hino do Município. O prefeito Jurandi Gouveia Farias realizou a abertura oficial e, em seu pronunciamento, falou da importância do evento para o município. “É preciso que todos se unam nesta causa. Toda a sociedade civil organizada, executivo, entidades. Precisamos reunir forças em favor da criança e do adolescente”, ressaltou.

O vice-prefeito, Francisco Antônio da Silva Filho, qualificou como memorável o Seminário. “Falar sobre política pública é algo complicado no Brasil, também é complicado falar a respeito do tema sem que todos os autores envolvidos estejam juntos. E hoje é um momento marcante e importante para nós, pois estamos todos unidos aqui”, comentou.

Logo sem seguida, o público participou da palestra com Fernanda Soares Braga, (Secretaria dos Direitos Humanos) e Elaine Farias Santana (Casa dos Conselhos, representante Conselho Estadual das Crianças) que fizeram uma explanação sobre a elaboração do Plano Decenal Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, preconizado pelo Conselho Nacional do Direitos da Criança e do Adolescente (CONANDA), e do Plano Decenal Municipal de Atendimento Socioeducativo, em resposta à Lei 12.594/2012 que regulamenta a execução das medidas socioeducativas destinadas à adolescente que pratique ato infracional.

Segundo Paulo Cristóvão Carvalho, Articulador Municipal do UNICEF e Presidente do CMDCA, para continuar este trabalho é necessária a participação efetiva dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, do Ministério Público, dos Conselhos Setoriais e da comunidade civil em geral. Para ele, esta participação é fundamental para que se possa avaliar a efetividade da garantia dos direitos da criança e do adolescente, sendo este o principal objetivo. Foram parceiros na realização do I Seminário o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Conselho Tutelar, representantes de grupos folclóricos, esporte, entidades religiosas, educação, secretários municipais e a sociedade civil.

A população prestigiou em massa o evento que teve como tema: “Família: Discutindo Proteção e Violência de Direitos”

O prefeito Jurandi Pileque (2º da esquerda para direita e o vice Junior de Preto (1º da direita para esquerda de camisa vermelha) prestigiaram o evento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top