All for Joomla All for Webmasters

Presidente doa estacionamento da Câmara para construção de banheiros em Taperoá

Não foi suficiente a iniciativa do atual presidente da Câmara de Vereadores de Taperoá, Sandro Brito (PT), de criar lei que determina ao governo municipal à instalação de banheiros químicos em eventos organizados pela Prefeitura, que continuou inerte à sua obrigação.

Mesmo muito antes de a lei entrar em vigor no segundo semestre do ano passado, o prefeito Deoclécio Moura Filho (PSB) já atuava de maneira relapsa com o problema, que se repetiu outras vezes, até Sandro Brito levar a situação a sério mais uma vez e tomar uma decisão definitiva para resolver o desrespeito com os freqüentadores das festas e com os proprietários de casas próximas à praça João Suassuna, principal reduto de eventos promovidos por Deó e seus comandados.

As laterais das residências, de prédios públicos e também da igreja de São Sebastião são usadas costumeiramente pelas pessoas em época de shows para urinarem gerando muita sujeira, mau cheiro e constrangimentos.

Ao perceber que o governo municipal, tendo ou não a determinação legal, não manifestou interesse em pôr fim ao problema, o petista resolveu dar um basta ao descumprimento da administração Deó, que junto aos seus governados, pareciam pouco preocupados com o estado deplorável que ficavam as ruas da cidade, e doou o estacionamento da Câmara para a construção de banheiros fixos. O terreno, ao lado da Casa Corsino de Farias Souza, jamais foi usado pelos parlamentares e nem por outras pessoas.

O prefeito Deoclécio Moura ficou bastante satifeito com a saída encontrada por Sandro para o problema que causou muitos transtornos e vergonha para taperoaenses e visitantes, e deu a desculpa de que era complicada a instalação de sanitários por custar aos cofres públicos cerca de R$ 10 mil por evento.

O presidente da CMV solicitou a Deó que os sanitários sejam erguidos e que estejam com condições de uso antes do carnaval, e após ambos concordarem com a proposta, o próprio vereador procurou um profissional da cidade e encomendou a planta da obra que, já feita, foi encaminhada para a Prefeitura.

O gestor taperoaense fez visitas recentes ao estacionamento e mandou que fosse realizada uma limpeza no terreno que estava repleto de lixo e mato, o que evidencia o descaso de presidências passadas com o local completamente abandonado e sem utilidade nenhuma.

 

taperoa.com
Assessoria de Imprensa da Câmara Municipal
Jandro Gomes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top