All for Joomla All for Webmasters

Presidente propõe que Executivo viabilize transporte para universitários

APOIO: Sandro Brito concedendo entrevista logo após a sessão na qual apresentou uma saída para as dificuldades financeiras que os universitários taperoaenses dos campi de Sumé e Monteiro enfrentam. O presidente pediu ao governo municipal que amenize os gastos dos estudantes cedendo para eles transportes para pegá-los e deixá-los nas unidades de ensino superior fora do eixo Campina-João Pessoa.

As dificuldades de locomoção dos universitários da cidade de Taperoá que estão fora do eixo do ensino superior Campina Grande – João Pessoa chamaram à atenção do presidente da Câmara de Vereadores, Sandro Brito (PT).

O parlamentar, preocupado com os alunos, preparou documento que aborda a difícil situação dos taperoaenses que tem de se deslocarem para os municípios do cariri paraibano Sumé e Monteiro, onde nestes existem os campi das universidades Federal e Estadual, respectivamente.

O requerimento apresentado por Sandro na segunda sessão deste ano realizada no dia 18 do mês passado, além de expor o problema, pede ao governo municipal que viabilize veículo para conduzir os estudantes para as novas unidades públicas de instrução de 3º grau da Paraíba.

Segundo o petista, a expansão do ensino superior no país tem aumentado, em especial, na última década e isso exige do poder público atenção e dedicação à assistência estudantil.

“O crescimento do estudo superior tem aumentado muito nos últimos anos, bem como a quantidade de locais que acolhem os universitários taperoaenses que ultrapassam a barreira Patos-Campina-João Pessoa, o que estabelece para as autoridades públicas do município ações que ponham fim às dificuldades, como a falta de transportes para estudantes, por exemplo”, defendeu Sandro.

Os alunos que estudam em Sumé e Monteiro retornam para as casas dos pais periodicamente, em geral a cada duas semanas, ou até mais, conforme as necessidades financeiras de cada um deles, que tem que se deslocarem destes municípios para Campina Grande e desta partirem para Taperoá, num percurso que aumenta ainda mais os gastos e que contribui para o arrocho financeiro com os estudos, alugueis e alimentação.

Depois de ficar sabendo dos problemas dos conterrâneos, Sandro Brito resolveu pedir a colaboração do poder Executivo para reduzir os custos dos universitários com o envio de transporte para levá-los às segundas-feiras e buscá-los às sextas-feiras toda semana.

No texto, que já foi encaminhado para a Prefeitura, o presidente da Casa Legislativa, destaca que os dias para deixá-los e pegá-los foram apenas sugestões próprias, mas que pode haver alterações de acordo com a necessidade e o entendimento dos estudantes, assim como os horários.

Depois de a Assessoria de Comunicação do Poder Legislativo saber de Divânia Gomes de que a responsabilidade da liberação de veículos para alunos é da Coordenação de Transportes e não da secretaria da Educação, a Câmara foi informada pela funcionária do gabinete do prefeito, Amara Diniz, de que Deoclécio Moura encaminhará resposta sobre o assunto até a próxima sexta-feira, 04.

 

taperoa.com
com Ascom/Câmara de Taperoá
Jandro Gomes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top