All for Joomla All for Webmasters

São José é esperança das águas de março

Nos municípios sertanejos mais castigados pela estiagem, as famílias sertanejas se reúnem em atos de devoção ao santo da chuva no dia de São José, 19 de março. Religiosamente, todos os anos, a data é dedicada ao santo, faça chuva ou faça sol.

Nos municípios sertanejos mais castigados pela estiagem, as famílias sertanejas se reúnem em atos de devoção ao santo da chuva no dia de São José, 19 de março. Religiosamente, todos os anos, a data é dedicada ao santo, faça chuva ou faça sol.

O mês de março é a época do ano em que agricultores ficam apreensivos porque imaginam que esse dia será decisivo para determinar como serão os próximos doze meses: se vai chover para ele plantar e colher ou se vai ser um ano seco.Os sábios do sertão estão apostando na chuva.

O culto do sertanejo a São José faz parte de toda uma relação que o homem tem com a natureza. Existem também outras associações da vida diária do sertanejo que fazem parte do chamado realismo fantástico, ou surrealismo. De tão extraordinário que é o sexto sentido do sertanejo, as práticas simbólicas de representação de sua vivência no dia-a-dia despertam a inspiração de poetas, escritores e cronistas. Embora o saber popular não seja aceito pela ciência, muitas vezes ele tema mais serventia. Para o sertanejo, o conhecimento prático é que é verdadeiro. Ele faz a leitura do universo, a partir do conhecimento cotidiano sem precisar utilizar as bases fundamentais da ciência.

Tal como os meteorologistas que fazem suas previsões através da leitura das condições atmosféricas, da temperatura da superfície dos oceanos, ventos e outros fenômenos naturais, o sertanejo dispõe de métodos próprios para fazer a previsão do tempo. A sabedoria é construída ao longo do tempo, através de heranças, experiências adquiridas e observações da vida cotidiana. Se os cientistas fazem cálculos, medem e comparam parâmetros meteorológicos, o agricultor observa o céu, as nuvens, as estrelas e o comportamento dos animais. Ele examina o cheiro do ar e observa a vegetação e os insetos para fazer suas projeções climatológicas.

Com base na leitura da natureza e uso dos métodos de simpatias, o sertanejo faz suas previsões para o plantio e a colheita. Plantando nas águas de março, ele sabe que deverá colher em junho. Sobretudo se acompanhados de resas, n ovenas e cântigos religiosos.

O mês de junho é também dedicado a outros santos importantes para a colheita: Santo Antônio, São João e São Pedro. Todos estão, de alguma forma, ligados à fertilidade. O primeiro é o santo casamenteiro, o segundo, da colheita de junho, e o terceiro, das águas.

As festas juninas são rituais comemorativos das colheitas e, portanto, da prosperidade sertaneja. A relação entre santos, águas e frutos faz parte do processo histórico do catolicismo, através de práticas individuais e coletivas de devoção aos padroeiros.

Previsões são de bom inverno para o nordestino São José é um dos santos mais festejados pela igreja católica. Filho de Jacó, e pai terreno de Jesus Cristo, segundo as escrituras cristãs, era um carpinteiro descendente da família do real de Davi. Morador da comunidade de Nazaré, no território da Galiléia, ele nasceu em Belém, no território da Judéia, a terra de Jesus Cristo. José foi escolhido por Ana, mãe de Maria, para desposá-la. Maria foi escolhida por Deus para gerar seu Filho Jesus, anunciado pelo Anjo Gabriel.

São José é reverenciado como protetor e padroeiro da família, por ter sido ele, quem cuidou de Maria e Jesus para que eles não caíssem nas garras do rei Herodes. Temendo que o messias anunciado fosse uma ameaça ao seu trono, o rei ordenou que todas as crianças com até dois anos de idade fossem decapitadas.

O sertanejo acredita que se não chover até o dia de São José, não haverá inverno. Com base na leitura da natureza, como a cor das folhas das plantas, o brotar das flores nascer frutos antecipadamente, o canto dos pássaros, etc., os sábios do sertão prevêem bom inverno na Região do Semi-árido. Se é um ano bom para o sertanejo, é também para o turismo e o turista. Xô vida seca!

taperoa.com
turismo sertanejo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top