All for Joomla All for Webmasters

Sessão na câmara discute saúde, educação, cultura e outros temas.

Na sessão plenária da Câmara Municipal de Taperoá, o vereador José Humberto de Sales pediu ao plenário da casa concessão de MOÇÃO DE APLAUSOS para o Cabo “LÚCIO JOSÉ DE FARIAS” pelos relevantes serviços prestados na Polícia Militar do Estado da Paraíba.

Ele também pediu calçamento, iluminação e placas de sinalização informando a proibição de lixo no logradouro público que fica localizado por trás da Rua José Gomes de Carvalho em Taperoá.

Na continuidade da sessão plenária o vereador Antônio Vieira de Queiroz solicitou que a prefeitura implante uma sala especial para o Selo Unicef, possibilitando melhor infraestrutura com acesso a internet, mobília etc. Ele sugeriu que o espaço possa ser localizado na parte superior do prédio onde funciona o Conselho Tutelar.

A vereadora Jane, como é mais conhecida, apresentou indicação pedindo à prefeitura que realize a pintura do Mercado Público Municipal e destaque o letreiro que tem informações sobre a fundação. Ela fez o mesmo pedido com relação ao prédio do Antigo Matadouro Público, atualmente feira de animais.

Projetos de Lei importantes também alcançaram aprovação, a exemplo do 008/2014 da vereadora Jane Monteiro que dispõe sobre a proteção dos animais em Taperoá, e o 009/2014 que trata sobre as diretrizes gerais para preservação do patrimônio histórico, cultural e ambiental na cidade de Taperoá. O 013/2014 de autoria do vereador José Humberto de Sales que dá o nome de José Melquiades Vilar ao logradouro público situado na Vila Popular.

Obteve aprovação ainda os Projetos de Lei 015/2014 e 016/2014 da vereadora Margarete Carvalho que determina a fixação de divulgação nas farmácias prevenindo os pacientes sobre os riscos da automedicação e cria a semana do incentivo ao aleitamento materno em Taperoá. Além desses o PL 017/2014 e 018/2014 da vereadora Maria Sileide Pinto que cria o Projeto “TEATRO NA ESCOLA” na rede pública de ensino de Taperoá e o outro dispõe sobre o aproveitamento de água pluvial nos órgãos públicos municipais.

De autoria do Poder Executivo foi aprovado alterações no artigo 64 da Lei Complementar Municipal 020/2009 que trata da classificação de ocupantes do cargo de regente de ensino para professor e na Lei Municipal 005/2009 que trata do Regime próprio de Previdência do Município.

Na produtiva sessão do dia 13 de junho a Câmara ainda aprovou o Projeto de resolução 003/2014 que autoriza a doação de bens inservíveis de propriedade da mesma.

Ascom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top