All for Joomla All for Webmasters

Taperoá poderá ganhar campus da UEPB, em 2012

A reitora da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), Marlene Alves, prometeu trazer um campus da universidade para Taperoá, em fevereiro de 2012, se os recursos forem garantidos pelo Governo do Estado. O compromisso foi assumido nesta segunda-feira (26), durante sessão especial realizada na Câmara Municipal de Taperoá. Já são, aproximadamente, 30 pedidos de instalação de campus, em todo Estado.

“O orçamento de 2012 ainda não foi aprovado. Procurem o governador Ricardo Coutinho e peçam a ele a instalação do campus em Taperoá. Se ele garantir os recursos, meu compromisso será de trabalhar manhã, tarde, noite e madrugada com a nossa equipe para que esse campus seja implantado aqui em fevereiro de 2012″, disse a reitora durante o seu pronunciamento.

Marlene Alves falou sobre a distribuição das universidades e escolas técnicas, no Estado, enfatizando a falta de planejamento, que beneficiou apenas algumas regiões. “Temos uma distribuição desproporcional e mal pensada. Em algumas regiões, como o Vale do Piancó e o Vale do Paraíba, por exemplo, não há nenhuma universidade, enquanto algumas regiões possuem mais de uma, além de escolas técnicas. Faltou planejamento”, disse. A UEPB possui oito campus instalados em João Pessoa, Campina Grande, Patos, Lagoa Seca, Guarabira, Catolé do Rocha, Araruna e Monteiro. Juntos, eles congregam cerca de 18 mil estudantes e 2.500 funcionários.

Após a sessão, as lideranças políticas de Taperoá e cidades vizinhas criaram uma comissão que se encarregará de marcar uma audiência com o governador Ricardo Coutinho para tratar o assunto. Os integrantes do Movimento Jovem de Taperoá coletaram quase cinco mil assinaturas num abaixo-assinado, que será entregue ao governador e à reitora.

Além dos vereadores, usaram a tribuna: Deoclécio Moura Filho (prefeito de Taperoá); Balduino Lélis de Farias (reitor da Universidade Leiga do Trabalho); Débora Farias (prefeita de Salgadinho), Romero Rodrigues (deputado federal); Socorro Tôledo (presidente do PSB municipal); Hélio Rodrigues (do Movimento Jovem de Taperoá); Igor Rodrigues (da União Municipal dos Estudantes Secundaristas de Taperoá); Natália Vital (da União Municipal dos Estudantes Secundaristas de Desterro); Raiana Santana (da União Municipal dos Estudantes Secundaristas de Assunção); George Soares (representando os universitários que estudam em outras cidades); Mikael Araújo (presidente da Associação dos Estudantes Universitários de Taperoá) e Janoel Gomes (presidente do Grêmio Estudantil da Escola Estadual Melquíades Vilar).

No final da solenidade, a reitora Marlene Alves ganhou uma peça de retalho e crochê da Associação das Artesãs de Taperoá e outra confeccionada pelo artesão João Joaquim da Silva, além de uma xilogravura de Ariano Suassuna, criada pelo estudante Arnilson Junior. Os presentes foram entregues pelos vereadores José Humberto Cardoso de Queiroz, Sileide Barreto e Salomão Marinho, e pela presidente do PSB municipal, Socorro Tolêdo.

A sessão na Câmara de Taperoá foi proposta pelo vereador José Humberto Cardoso de Queiroz. Lideranças políticas e estudantes dos municípios vizinhos compareceram para reforçar o pedido. A mesa de abertura dos trabalhos foi composta pelas seguintes autoridades: Marlene Alves (reitora), Sandro Brito (presidente da Casa Legislativa), Deoclécio Moura Filho (prefeito de Taperoá), Socorro Tôledo (presidente do PSB municipal), Romero Rodrigues (deputado federal) e Américo Cabral (do PSB).

 

Confira as fotos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top