All for Joomla All for Webmasters

Taperoá rende homenagens a Ariano

No dia em que recebeu o título de Cidadão Pernambucano na Alepe, o escritor e dramaturgo Ariano Suassuna falou do orgulho em tornar-se conterrâneo de sua mulher, Zélia. Nascido em Taperoá, no Sertão da Paraíba, o mestre do armorial fazia questão de levar todos os familiares e pessoas com quem trabalhava a conhecer sua cidade natal. Agora, após sua morte, a terra do autor do Auto da Compadecida, entre outras tantas obras memoráveis, rende homenagens ao seu filho ilustre.

Ariano Suassuna e Zélia

No dia 5 de dezembro todos os familiares de Ariano e ainda os integrantes do Circo da Onça Malhada, grupo com o qual apresentava suas memoráveis aulas-espetáculo, tornar-se-ão conterrâneos de Suassuna, cidadãos de Taperoá. Entre eles, estão a subeditora do caderno C e a editora assistente de abertura do Jornal do Commercio, Adriana Victor e Diana Moura, respectivamente, que fizeram parte da equipe do escritor. O filho de Ariano e Zélia, o artista Dantas Suassuna, inclusive já transferiu seu ateliê para lá. O projeto do Vereador Antonio Vieira de Queiroz mais conhecido como Antonio Vicente foi aprovado por unanimidade pela Câmara de vereadores da cidade.

Circo da Onça Malhada

Dantas Suassuna, filho de Ariano

No dia 7, sob o comando do Padre Luciano, haverá uma missa campal em homenagem a Nossa Senhora da Conceição, padroeira da cidade. A celebração terá como madrinha Zélia Suassuna. Em seguida, como não poderia deixar de ser, o Circo da Onça Malhada faz uma aula-espetáculo, ao ar livre, em frente à paróquia da cidade.

Igreja de Taperoá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top