All for Joomla All for Webmasters

TSE barra candidatura de Cássio, que vai recorrer ao Supremo

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) retomou na noite desta quinta-feira (21) o julgamento do recurso de Cássio Cunha Lima (PSDB) que contesta a decisão do Tribunal Regional da Paraíba (TRE-PB) que barrou o registro de candidatura dele com base na Lei da Ficha LImpa. Os ministros acompanharam a decisão do TRE da Paraíba e barraram o registro da candidatura de Cássio por 4 a 3.

A matéria começou a ser apreciada no último dia 13, mas o julgamento foi suspenso após o pedido de vista do presidente do TSE, ministro Ricardo Lewandowski. Antes do adiamento, o ministro relator do processo, Aldir Passarinho, foi o único a pronunciar o voto. Ele votou contra o registro de candidatura do Tucano.

Agora, os advogados de Cássio Cunha Lima já preparam recurso para recorrer da decisão ao STF – Supremo Tribunal Federal. Lá, o julgamento sobre a aplicação da Lei Ficha Limpa para as eleições deste ano está empatado em 5 a 5.

A grande surpresa do julgamento de hoje foi a de que o ministro Lewandovisk votava contra Cássio, mas mudou seu voto. Lewandovisk também pertence à alta corte, e segundo os advogados de Cássio, provavelmente poderá mudar novamente o seu voto na aplicabilidade da Lei Ficha Limpa para estas eleições. O julgamento no STF vai acontecer antes da diplomação dos candidatos eleitos, que acontecerá no mês de novembro.

 

taperoa.com
CL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top