All for Joomla All for Webmasters

Vaquejada no sertão em pleno jogo da seleção

Vai ser como jogo de pingue-pongue: um olho lá, outro cá. Um no boi, outro na bola. Na vaquejada de Petrolina, programada para o dia 18 junho, junto com o jogo da seleção brasileira, a disputa vai ser acirrada entre os vaqueiros do sertão e os craques da seleção Canarinha. Vai ser como jogo de pingue-pongue: um olho lá, outro cá. Um no boi, outro na bola. Na vaquejada de Petrolina, programada para o dia 18 junho, junto com o jogo da seleção brasileira, a disputa vai ser acirrada entre os vaqueiros do sertão e os craques da seleção Canarinha. Para não perder nem um lance lá na Europa, e nem outro cá no sertão, a organização da vaquejada vai instalar um telão no Parque Geraldo Estrela para que o público possa acompanhar a partida entre o Brasil e Austrália. Êhhhh boi! Gooooooool, Brasil!!!

Depois de Gravatá, Caruaru e Carpina, é a vez de Petrolina sediar mais uma etapa do X Circuito Pernambucano de Vaquejada, que vai ser realizado de 16 a 18 de junho. Os organizadores do circuito esperam reunir um público superior a 30 mil pessoas e bater o recorde de inscrições de competidores, ultrapassando as 700 registradas até agora.

Os investimentos para a realização do evento atingem o montante de 2, 7 milhões de reais. São R$ 300.000 por etapa, incluindo pagamentos de funcionários, premiação, aluguéis dos animais, contratação de bandas musicais e outras atividades previstas na programação.

Para participar da disputa em cada etapa, o vaqueiro profissional desembolsa R$ 600. Já os inscritos na categoria amadores pagarão R$ 300 no ato da inscrição. Em cada etapa da competição serão distribuídos em torno de 103 mil reais. O 1º lugar recebe 10 mil; do 2º ao 5º, 4 mil e do 6º ao 20º, 3 mil.

Até novembro, o Circuito Pernambucano de Vaquejada realizará outras cinco etapas: em Taquaritinga do Norte (11 a 13 de agosto); Bezerros (25 a 27 de agosto); Surubim (15 a 17 de setembro), Garanhuns (03 a 05 de novembro) e Santa Cruz do Capibaribe (24 a 26 de novembro).

Em Petrolina, após os embates entre os vaqueiros e os bois haverá shows com bandas de forró. Os adeptos de um suculento pernil de bode assado na brasa, acompanhado de uma loura super gelada, podem dar uma chegadinha no bodódromo, espaço famoso por sua excelente culinária bodística. Depois é só forrozá até altas horas, porque ninguém é de ferro.
Valeu boi!

 

 

Fonte: Turismo Sertanejo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top