All for Joomla All for Webmasters

VI Enel em Campina

Com mais de 800 participantes inscritos o VI Enel – Encontro Nordestino do Setor de Leite e Derivados, superou as expectativas de público da organização. Com mais de 800 participantes inscritos o VI Enel – Encontro Nordestino do Setor de Leite e Derivados, superou as expectativas de público da organização.

VI Enel supera expectativa de público e atrai outras regiões. Além das caravanas, vindas de praticamente todos os estados do Nordeste, o evento recebeu visitantes de Minas Gerais, São Paulo, Pará, Amazonas Acre e Tocantins.

"Conseguimos reunir em Campina Grande representantes dos quatro elos da cadeia do leite. Esses elos são o varejo, produção, indústria e as universidades que contribuem com seus pesquisadores", declarou Fátima Lamar, coordenadora Nacional dos Projetos de Leite e Derivados do Sistema Sebrae.

Segundo Fátima Lamar o encontro, já realizado em outros estados do Nordeste, tem proporcionado a troca de experiências entre os participantes e a chance de discutir projetos e propostas que têm como meta solucionar eventuais problemas existentes na cadeia do leite.

Ela destaca que o Enel trouxe ao Nordeste a possibilidade de discutir profissionalmente temas relacionados a produção leiteira, atividade que há anos é realizada em outras regiões do País, como o Sul e Sudeste.

Com relação à Paraíba, Lamar destacou que Campina Grande já é referência no campo do leite caprino e que a realização deste evento, no município, contribuiu para o bom número de participantes inscritos. "É um município central e isso também ajuda para o sucesso do evento. Sua localização geográfica facilitou a vinda das caravanas".

No evento desse ano a organização decidiu priorizar a realização de palestras, mas também há lugar para concursos, como o de queijos regionais, e o festival gastronômico de leite e derivados.

Para Joaquim Pereira Vilar, produtor de leite e derivados do município paraibano de Taperoá, o Enel é uma oportunidade para a troca de experiências e conhecimento de novas tecnologias.

Participando pela primeira vez do Enel, Joaquim destacou que as palestras sobre produção do leite caprino contribuirão para melhorar a atividade, realizada por um número cada vez maior de produtores no Estado.

taperoa.com
Sebrae Paraíba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top