Açudes da Paraíba

E-mail Imprimir PDF

Açudes da Paraíba vão sangrar por mais dois meses
Açudes da Paraíba vão sangrar por mais dois meses

Os principais açudes da Paraíba irão continuar sangrando por pelo menos mais dois meses e, caso haja consumo moderado, poderão garantir água para mais de um milhão de pessoas por até quatro anos.

De acordo com o engenheiro da Aesa Lucílio Vieira, ainda nesta terça-feira (26) o açude Boqueirão teve um aumento de 22 centímetros na lâmina de sangria. A meteorologista Carmem Becker disse que a alteração foi motivada por uma precipitação atípica de 78 milímetros no município de Taperoá, na última segunda.

Hoje, o volume do açude Acauã deverá ser alterado pelas águas que recebe de Boqueirão. Lucílio Vieira disse que o açude Boqueirão estava com lâmina de 90 centímetros até a última segunda-feira mas, com a chuva concentrada no município de taperoá, as águas escoaram para o açude e alteraram seu volume.

"Não é típico que acontecam chuvas fortes assim, concentradas”, explicou Carmem Becker. Atualmente, 83 açudes estão sangrando e não há mais nenhum reservatório em situação crítica no Estado.

Segundo ele, até o final do período chuvoso 100 açudes ao todo terão sangrado. “No Sertão e Alto Sertão alguns reservatórios poderão parar de sangrar. Já os açudes da porção leste do estado, vão começar a sangrar agora”.


taperoa.com