All for Joomla All for Webmasters

Chuvas continuam e 15 açudes transbordam

Com as precipitações dos últimos dias, o volume de água acumulado em todos os reservatórios da Paraíba já passam de 3,8 bilhões de metros cúbicos. Segundo a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa) as chuvas continuarão, principalmente nas regiões do Cariri e do Alto Sertão. O açude Coremas/Mãe D’água, um dos maiores do Nordeste, já está com 94% da sua capacidade máxima.

 

Foto: Açude Manoel Marcionilo ( Taperoá )

Com as precipitações dos últimos dias, o volume de água acumulado em todos os reservatórios da Paraíba já passam de 3,8 bilhões de metros cúbicos. Segundo a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa) as chuvas continuarão, principalmente nas regiões do Cariri e do Alto Sertão. O açude Coremas/Mãe D’água, um dos maiores do Nordeste, já está com 94% da sua capacidade máxima.

As chuvas continuarão a cair na Paraíba nos próximos dias, principalmente nas regiões do Cariri e do Alto Sertão, segundo a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba – Aesa. Com as precipitações ocorridas nos últimos dias, 15 açudes dos 123 monitorados pela Agência já atingiram a capacidade de acumulação e estão transbordando. O volume acumulado em todos os reservatórios da Paraíba passam de 3,8 bilhões de metros cúbicos.

O Açude Epitácio Pessoa (Boqueirão) chamou maior atenção pela rapidez para sangrar. No último dia 17, o reservatório que abastece Campina Grande e mais de 15 municípios da região da Borborema estava com apenas 263,6 milhões de metros cúbicos d´água. Na sexta-feira (21), com as cheias dos rios Paraíba e Taperoá, chegou ao seu volume máximo (411,6 milhões) e sangrou.

Também já estão sangrando os açudes de Araçagi (em Araçagi); Bom Jesus (Carrapateira); Cachoeira da Vaca (Cachoeira dos Índios); Cachoeira dos Alves (Itaporanga); Cafundó (Serra Grande); Felismina Queiroz (Seridó); Jenipapeiro (São José da Lagoa Tapada); Russos (Livramento); Santa Luzia (Santa Luzia); São Gonçalo (Sousa); São José I (São José de Piranhas); São José III (São José dos Cordeiros); Tavares II (Tavares) e Manoel Marcionilo (Taperoá).

O Coremas/Mãe D’água – o maior do Estado – está prestes a sangrar, com 1.278.020.000 metros cúbicos, ou seja 94,1% da sua capacidade máxima. Quem também está recebendo um grande volume d’água em função da sangria de Boqueirão é a barragem de Acauã, que está com 189,6 milhões de m3, ou seja, 75% de sua capacidade. O Engenheiro Ávidos, de Cajazeiras, está com 188,3 milhões de m3, equivalente a 73,8% da capacidade.

O meteorologista Patrice Rolando, da Aesa no entanto, tranqüiliza a população assegurando que não há previsão de mais temporais, tendo em vista que agora as precipitações deverão ser mais brandas. As chuvas que caíram nos últimos dias provocaram estragos em diversos municípios, a exemplo de Boqueirão, Cabaceiras e Carrapateira, que ficaram isoladas.

Nestas cidades cinco pessoas morreram, 24 famílias foram desalojadas e cerca de 20 mil pessoas ficaram isoladas devido as chuvas fortes caídas durante o período da Semana Santa. As chuvas também fizeram estragos nos municípios de Lastro, Vieirópolis e São José da Lagoa Tapada. As precipitações pluviométricas atingiram média acima da anual nos municípios de Cabaceiras, Cachoeira dos Índios e São João do Rio do Peixe, dentre outros.

Com a abertura de um desvio, em caráter de emergência, o Departamento de Estradas e Rodagens (DER) liberou o tráfego de veículos entre as cidades de Boqueirão e Queimadas, onde ocorreu o rompimento de uma ponte, em virtude das fortes chuvas caídas na regiãoBento disse que o tráfego no local, por enquanto está sendo feito de forma precária, mas logo que o tempo melhorar será iniciada a recuperação da estrada para que tudo volte à normalidade. O rompimento da ponte que corta a rodovia PB 148, próximo à sede do município de Boqueirão, aconteceu na noite da última quinta-feira.

De acordo com a Aesa, os 10 mil açudes públicos e privados existentes na Paraíba já acumulam mais de 70% (3,8 bilhões) da capacidade total, que é de 5,5 bilhões de metros cúbicos de água.

taperoa.com
A União
Cleane Costa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top