All for Joomla All for Webmasters

Dupla encapuzada assalta técnico em informática e estreia nova prática de crime na cidade

INSEGURANÇA: O técnico em informática, Marcus Pierre, 20 anos, poderá ter que se adequar a novos horários para voltar para casa no bairro São Francisco. Na madrugada desta quarta-feira, 20, ele foi assalto por dois homens próximo a entrada de onde mora. Os bandidos estavam escondendo o rosto com camisas e levaram o aparelho celular de Pierre, que foi até a Delegacia prestar queixa do roubo. A Polícia disse que vai intensificar as rondas pelos bairros da cidade.

 

Uma espécie de crime que até o começo da madrugada desta quarta-feira, 20, só era conhecida dos taperoaenses através da mídia, chegou ao município, o assalto à mão armada.

A vítima, Marcus Pierre da Cunha Marinho, 20 anos, entrará como primeiro da lista para a estatística de roubos da história policial da cidade de pouco mais de 14 mil habitantes.

No c0meço da madrugada de hoje, o técnico em informática estava retornando para casa, localizada no bairro São Francisco, quando foi surpreendido por dois homens que estavam usando capuzes e anunciaram o assalto.

Os dois bandidos, que disseram para a vítima que estavam armados, ficaram na esquina do antigo depósito de botijões de gás e assim que Marcus Pierre se aproximou do local foi abordado por eles.

Segundo o rapaz, não deu tempo para tentar escapar porque foi tudo muito rápido e também havia o perigo de ser ferido, mesmo sem ele ter visto se a dupla estava realmente com alguma arma, já que não viu nem faca nem revólver nas mãos dos criminosos.

“Eu estava voltando para casa e bem perto da esquina do antigo depósito eles se aproximaram e pediram meu celular, ainda pensei em correr, mas como disseram que estavam armados não quis arriscar, mesmo sem ter visto arma nenhuma”, disse Marcus Pierre.

De acordo, ainda, com a vítima, cada um dos assaltantes estava vestido com bermuda, calçando sandália e com a camisa na cabeça, como se fosse capuz, o que dificultou na ocasião o reconhecimento deles.

Assustado, Pierre chegou a dizer que não tinha celular para os assaltantes que não acreditaram e fizeram uma revista na vítima.

Após encontrarem o aparelho, os bandidos mandaram que o técnico em informática fosse embora e em seguida, segundo o garoto, a dupla caminhou em direção a um matagal que fica por trás de um posto de combustíveis, alvo também de bandidos no ano passado.

Por volta das 10h desta quarta-feira, o jovem foi com o pai, Alexandre Moura, até a Delegacia da cidade fazer um boletim de ocorrência e esperam que a Polícia, que vai intensificar as rondas nos bairros do município, não só encontrem os ladrões, mas que também iniciem um trabalho de combate à nova prática de crime que começou nesta semana santa em Taperoá.

 

taperoa.com
Com Expressões do Cariri – Jandro Gomes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top