All for Joomla All for Webmasters

Taperoá e Soledade terão cursos da UEPB

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) pretende expandir seus campi em 2012 e criar novos cursos e vagas para atender a demanda de alunos, principalmente das regiões do Cariri e do Sertão do Estado.

Ao todo, a UEPB já tem mais de 20 solicitações para abertura de campi. Os pedidos estão sendo avaliados pela reitoria, Conselho Universitário (Consuni) e pela Pró-reitoria de Planejamento para depois serem apresentados ao governador Ricardo Coutinho. A proposta de expansão da universidade será apresentada ainda esse semestre, para que possa ser incorporado ao orçamento da instituição para 2012. Entre as cidades que poderão receber um campus da UEPB estão Piancó, Taperoá, Soledade, Cabedelo e Sapé.

De acordo com a reitora da UEPB, Marlene Alves, a universidade possui uma necessidade de expandir sua área de cobertura no Estado, para oferecer oportunidades para estudantes de cidades distantes dos municípios que possuem um campus. “Tem muita gente que precisa da oportunidade e vamos dar prioridade aos municípios que ainda não possuem nenhuma instituição de ensino superior, como é o caso de Soledade e Taperoá, no Cariri, Santa Luzia e Piancó, no Sertão, Cabedelo e Sapé. Participei de uma reunião no último sábado em Soledade e vi que a região precisa e merece um campus da UEPB, assim como outros municípios do Estado”, explicou a reitora.

Segundo Marlene Alves, a proposta ainda está sendo elaborada com as respectivas demandas financeiras que a expansão deverá provocar. “Mesmo tendo autonomia financeira, antes de decidimos o que fazer temos que apresentar ao governador para que ele analise a situação e veja quanto de verba é possível ser disponibilizada para expandir a nossa universidade. Mas sem dúvidas a expansão em 2012 está nos planos da UEPB, para alcançarmos ainda mais estudantes paraibanos que precisam de formação e de qualificação profissional”, completou Marlene. A reitora disse que o número de campi e de vagas que deverão ser criadas em 2012 ainda não foram definidas

Ela explicou que três solicitações de abertura de campi já haviam sido aprovadas em 2006, para Princesa Isabel, Pombal e Sousa. Contudo, não foi possível fazer as instalações na época. “Quando aprova passa por um processo para ser instalado. Nessa época foram instalados os campi de João Pessoa, Patos e Monteiro, e não foi possível fazer as instalações das outras”, lembrou.

 

taperoa.com
Com CP – Giovannia Brito e Daniel Motta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top