All for Joomla All for Webmasters

Dr Adonias de Queiroz Melo

Resumo Biográfico de Dr Adonias de Queiroz Melo
ADONIAS DE QUEIROZ MELO nasceu no dia 23 de março de 1919 na cidade de Taperoá – PB. Filho de Manoel Taigy de Queiroz Melo e Ismênia Melo Machado, cursou seus estudos primários nesta cidade, fez o curso ginasial na cidade de Recife – PE e o superior em Odontologia na Faculdade de Belo Horizonte – MG, em 1939.
Regressando a Taperoá em 1942, começou a exercer sua profissão de odontólogo, sendo em 1945 nomeado dentista do Estado, cargo ocupado até 1978, quando aposentou-se.

Em 1944 contraiu matrimônio com a Srª Reuza Ribeiro de Queiroz, sobrinha do ex-deputado José Ribeiro de farias. Desse enlace brotaram os filhos Manoel Taigy (Taigyzinho) e a professora Helena de Lêda Ribeiro de Queiroz.

Tendo em vista a situação educacional do município de Taperoá, inexistindo o antigo curso ginasial, ele fundou a Escola Profissional “Professor Minervino Cavalcante” em 1954, atuando como diretor e professor na referida instituição, funções exercidas paralelamente à sua profissão.

Para aquisição do registro da referida escola no Conselho de Ensino Profissional, no Rio de Janeiro, Adonias e seu irmão, o Desembargador Manoel Taigy :Filho, empreenderam viagem de navio da Paraíba à capital federal, tendo o regresso se dado sobre um “pau-de-arara”, no entanto, trazendo em mãos o documento objetivado.

O Ginásio “Minervino Cavalcante” era uma instituição privada, entretanto, recebia subvenções federais e estaduais, estas últimas adquiridas mediante Projetos de Leis impetrados pelo então deputado estadual José Ribeiro de Farias na Assembléia da Paraíba. Destas subvenções eram oferecidas bolsas de estudos aos alunos mais carentes financeiramente deste município.

Quando fundada, a escola, sem possuir ainda sede própria, passou a funcionar no prédio da Escola Estadual “Félix Daltro”. Em 1960, Dr. Adonias, através de recursos oriundos de promoções de eventos festivos assim como desportivas, efetivou a construção do prédio onde passou a funcionar aquela instituição educacional. Em 1974, quando a escola passou a ser estadualizada e havia sido implantado o Ensino Médio (2° grau). Adonias fez doação do prédio ao Estado, na época governado por Ivan Bichara Sobreira. A partir de então, por influência do vice-governador, o taperoaense Dorgival Terceiro Neto, a escola passou a denominar-se Escola Estadual de 1° e 2° graus “Melquíades Vilar”, uma homenagem a seu pai.

Em 1958 ocorreu a festa por ocasião da comemoração da primeira turma concluinte. A estas eram oferecidas excursões por todo país, inclusive a recém inaugurada capital do país (Brasília). Certa vez, Adonias e uma das turmas concluintes foram recepcionadas pelo deputado José Ribeiro que os apresentou a sede do Jornal A União, em João Pessoa. Concluído o curso em quatro anos, estavam aptos a exercerem a profissão de Auxiliar de Escritório em todo país.

Ademais, também foi um amante dos esportes taperoaenses, notadamente do futebol de campo onde foi um dos fundadores do “Esporte Clube Santa Cruz”, além de participante de partidas futebolísticas envolvendo uma disputa entre os gordos e os magros, onde ele atuava neste último. A competição visava gerar recursos destinados à construção da escola que era diretor. Ainda no tocante aos esportes ele foi um dos incentivadores à fundação do Clube Recreativo Taperoaense (CRETA), pedindo a colaboração da sociedade à aquisição de títulos patrimoniais.

Faleceu no dia 3 de março de 1988, em sua residência na cidade de Taperoá e encontra-se sepultado no cemitério A Consolação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top