All for Joomla All for Webmasters

Mais uma campanha da doença de chagas

O LAC – Laboratório Antonio Cristovão da cidade de Taperoá, realizou na Sexta feira dia 27/11/08 mais uma campanha, pesquisando doença de chagas. Foram colhidas 92 amostras de sangue de pessoas da comunidade Paus Branco, Cacimba de Cavalo, Pereiros, no município de Livramento, vizinho ao de Taperoá. A maioria são agricultores, que residiram ou residem em casas de taipa, o que favorece a convivência com o inseto (barbeiro) transmissor da doença.

O LAC – Laboratório Antonio Cristovão da cidade de Taperoá, realizou na Sexta feira dia 27/11/08 mais uma campanha, pesquisando doença de chagas. Foram colhidas 92 amostras de sangue de pessoas da comunidade Paus Branco, Cacimba de Cavalo, Pereiros, no município de Livramento, vizinho ao de Taperoá. A maioria são agricultores, que residiram ou residem em casas de taipa, o que favorece a convivência com o inseto (barbeiro) transmissor da doença.

 

O Bioquímico Antonio Cristovão de Queiroz Vilar, que realizou em seu laboratório todos os exames, contou com a participação da Bioquímica Diene da Silva Vilar, que está realizando a pesquisa sobre Perfil epidemiológico da Doença de Chagas, com a orientação da professora da UFPB Dra. Inêz de Souza Freitas.

Teve ainda a participação, neste evento, à técnica em enfermagem Elizete, os agentes de Saúde de várias comunidades e o grupo religioso da Mãe Rainha, coordenado pela assistente Social do Município de Livramento Dr. Líbia Vilar Queiroz dos Santos, que ministrou palestras de cunho social e religioso para a comunidade.

O Bioquímico aproveitou o evento para ministrar palestras educativas e divulgar os programas de saúde em versos, utilizando o cordel sobre aleitamento materno, tuberculose, DST, tabagismo hipertensão, diabetes e doença de chagas.

 

No final do evento todos lancharam um Cachorro quente muito gostoso,e após foi sorteada presentes comemorando o Natal na Comunidade com todos imensamente felizes a comunidade agradeceu a participação de todos.

Foi realizado em todas as amostras o teste hemaglutinação, no qual foi encontrado Cinco amostras positivas. O bioquímico encaminhou para fazer testes confirmatórios, em seguida estes pacientes serão encaminhados para o hospital Universitário onde serão recebidos no setor de Cardiologia pelo Médico Dr. Evanizio Arruda que tem um carinho especial por todo este trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top